Em Dourados o estádio Frédis Saldivar, o “Douradão” que é a maior praça esportiva do interior do MS e que é administrado pela Prefeitura Municipal por meio da FUNED (Fundação de Esporte de Dourados) sob o comando do diretor/presidente Jânio César Amaro e sua equipe de trabalho que é formada em sua maioria por profissionais em educação física,deixou de ser um elefante branco e se transformou em um curto espaço de tempo em uma arena multiuso, pois vem sendo utilizado com inúmeras atividades esportivas,socioeducativas e religiosas.

Desde quando assumiu o comando da autarquia municipal de esportes, Jânio César e sua equipe passaram a utilizar os espaços existentes no estádio desenvolvendo atividades sociais e esportivas para crianças e adolescentes entre outras ações para que o mesmo não fique ocioso.

Hoje a FUNED sob o comando do profissional em educação física Antônio Pietramalle, o “Toninho Pietramalle” está mantendo no estádio em pleno funcionamento o CTA (Centro de Treinamento de Atletismos)  e o Projeto Dourados Paralímpico de segunda à sexta-feira enquanto Moacir Amorim paralelamente e nos mesmos dias da semana desenvolve suas atividades com a Escola de Goleiros com crianças e adolescentes com idade de 08 a 17 anos.

A FUNED em parcerias com a SED (Secretaria de Educação) e com o Instituto Ginásloucos, UNIGRAN e FUNDESPORTE (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) recentemente implantou no Setor 4 do estádio e também o Projeto “Ginaslouquinhos”.

O projeto que também conta com profissionais de educação física no comando, visa atender as crianças e os adolescentes de segunda a sexta-feira em dois períodos com aulas teóricas e práticas de ginastica artística.

AMPLIAÇÃO

Por outro lado, Jânio César conta que o projeto de Combate a Incêndio e Pânico do estádio para sua capacidade total que é de 28 mil lugaresjá está pronto e aguardando a aprovação do Corpo de Bombeiros , e que o mesmo deverá estar concluído atémeados do ano que vem.

Atualmente o “Douradão” por meio de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) está limitado para receber até 7.900 pessoas.

O estádio que atualmente mantém a sede da FUNED, também mantém a sede do SINGMD (Sindicato da Guarda Municipal de Dourados) bem como cede o setor de atletismo para a Polícia Militar, Civil, DOF, Guarda Municipal e Mirim, para os árbitros e assistentes do futebol amador e profissional e para a Federal, para que eles possam realizar seus TAFs (Testes de Aptidões Físicas), e no período noturno, de segunda a sexta-feira a cedência de salas para que professores voluntários possam ministrar aulas da língua portuguesa para um grupo de haitianos, que residem nas proximidades.

As salas também são utilizadas no período vespertino para professores que ministram aulas para os futuros novos guardas mirins.

O estádio também sempre é utilizado por igrejas católicas ou evangélicas, assim como para receber os jogos do Clube Desportivo 7 de Setembro no futebol profissional no Campeonato Estadual da série A, do Nacional da série D e também a Copa do Brasil, bem como está pronto para receber os torcedores do OAC (Operário Atlético Clube) que estará disputando ainda neste mês, o Estadual da série B juntamente com as equipes de Nova Andradina e de Três Lagoas.

MAIS ATIVIDADES

Do lado externo do estádio as autos-escolas da cidade utilizam o amplo pátio do estacionamento para treinarem na prática os futuros motoristas bem como no período matutino e vespertino diversas pessoas utilizam a área para praticarem caminhadas e também a academia a céu a aberto.

Além destas atividades no estádio “Douradão” a FUNED contando com profissionais em educação física e em parceria com a SEMED implantou com nove polos distribuídos em diversos bairros da cidade, o projeto Primeiro Passo – Caminhada Orientada assim como o projeto Escola do Esporte com as modalidades individuais e coletivas, sendo elas, basquetebol, handebol, voleibol, futsal, vôlei de praia, futebol de campo, ginástica rítmica, tênis de mesa, xadrez e atletismos. “Estamos com a nossa equipe de trabalho por determinação da prefeita Délia Razuk, dentro de nossas metas sociais e gratuitamente atendendo diversas crianças, adolescentes e pessoas adultas com as modalidades esportivas individuais e coletivas tanto nas dependências do estádio Douradão como nos bairros. Para o ano que vem esperamos ampliar ainda mais as atividades esportivas para atender a comunidade douradense” disse Jânio César a reportagem acrescentando que a equipe de esportes da autarquia também promove e dá suportes logísticos para corridas de ruas e de ciclismos.