Encerrou-se na noite desta última sexta-feira, mais  uma edição da Copa Unigran de Futsal, e quem fez a festa em dose dupla foi a equipe do Instituto Aefa que ficou com o título nas duas modalidades, feminino e masculino, e também fez os artilheiros e os goleiros menos vazados.

FINAL FEMININO

A primeira final foi a feminina, onde o adversário do Instituto Aefa foi a equipe do Eia Dourados/Presidente Vargas. O jogo foi equilibrado, principalmente na primeira etapa, mas o Aefa soube muito bem aproveitar as portunidades que construiu fechando o jogo em 4 a 1, com gols de Bruna, Jéssica e Ana Caroline (2x), com Geovana fazendo o gol único do Eia Dourados.

Vale lembrar que neste caso o Aefa sagrou-se Bi Campeã da competição, já que no ano passado também foi a grande campeã. Bruna Carolina foi à artilheria, enquanto a dupla de goleiras Izabelle e Joyce foram as menos vazadas da competição.

FINAL MASCULINO

Instituto Aefa e Amigos do Dan/Apaefs entraram em quadra para decidir o título com a expectativa de ser um grande jogo, mas o que se viu em quadra foi muito além da expectativa, talvez o melhor jogo de futsal realizado em Dourados neste segundo semestre, onde não fataram nenhum dos ingredientes (gols, viradas, cartões, confusões) nessessários para dar o status de grande decisão.

No primeiro tempo empate de 2 a 2, onde o Amigos do Dan/Apaefs saiu na frente com gols de Roger e Rodolfo, e o Aefa buscando o empate com Affeife e Brigoni.

Na volta do intervalo o Aefa começou com a mesma intensidade com que terminou o primeiro tempo, e com dois gols de Rafael Peres virou para a 4 a 2, e parecia que o jogo estava definido, com o Amigos do Dan/Apaefs abatido em quadra. Mas foi justamente o contrario que aconteceu, com gols de Matheus Ribeiro e Borges o placar voltou a ficar igual, 4 a 4, e neste momento os ânimos também subiram de escala, com o jogo tendo um festival de cartões amarelos e vermelhos, o que deixou o jogo ainda mais emocionante e dramático, já que houve uma alternância entre as equipes jogando com um jogador a menos, mas quem se deu bem foi mesmo o Aefa, que com um gol de Felipe  Myazaki em contra-ataque rápido, fechou o placar em 5 a 4 sagrando-se o grande campeão.

Além do título o Aefa também levou os troféus de goleiro menos vasado com a dupla Marquinhos/Renan, e do artilheiro com Rafael Peres. Vale ressaltar que esse foi o primeiro título de uma equipe que tem mais de 90% de seus jogadores com média de 18/19 anos, todos eles formados na base da própria equipe.

Fotos: Cleber Soares/Dourados Esportivo