quarta-feira, 21 de outubro 2020

Sete perde de virada e se complica na Série D

Apesar de toda a expectativa por conta das estréias dos reforços anunciados ao longo da semana, inclusive do novo técnico, o Sete de Dourados mais uma vez não fez boa partida e acabou sendo superado pelo placar de 2 a 1, neste domingo, 28, no estádio Douradão, pela equipe do Aparecidense do estado de Goiás.

Além do técnico Bazílio Amaral, também fizeram suas estréias o atacante uruguaio Acosta, o meias Marlon e Buru e o zagueiro Thiago Moura. Na primeira etapa a equipe douradense até que conseguiu fazer um bom jogo e abriu o placar aos 16 minutos com Sadan, que aproveitou uma bola em profundidade e tocou na saída do goleiro.

Porém na segunda etapa a situação mudou, a equipe sentiu a falta de ritmo e entrosamento dos estreantes, e mesmo o técnico Bazílo fazendo algumas alterações, quem mandou no jogo foram os goianos que virou o jogo com dois gols de Tozin, o primeiro de pênalti muito contestado pelos douradenses.  Já nos minutos finais o Sete ainda tentou o empate, mas a verdade é que se não fosse o goleiro Alan Tobias o placar seria ainda maior para o Aparecidense.

O Sete é o último colocado do grupo com duas derrotas em dois jogos. O líder é o Luziânia com 4 pontos, o segundo é o União de Rondonópolis também com 4 pontos mais com um a gol a menos de saldo, e o terceiro é o Aparecidense que somou seus primeiros 3 pontos coma vitória deste domingo. O Sete volta a campo no próximo domingo, 3 de junho, contra o Luziânia fora de casa.

Mesmo saindo na frente com um gol de Sadan, Sete sofreu sua segunda derrota na Série D. Foto: Noé Faria

Veja também

Federação de Boxe de MS completa 33 anos com realização do Estadual de Manoplas

A competição inédita no Estado acontecerá nos dias 24 e 25 (Sábado e Domingo) de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *