terça-feira, 24 de novembro 2020

ACJ comemora medalhas no Campeonato Brasileiro de Judô

A Associação Cano de Judô participou com quatro atletas do Campeonato Brasileiro Região IV no último fim de semana em Anápolis-GO e três deles voltaram para Dourados com medalhas. Os judocas sul-mato-grossenses enfrentam adversários de Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Tocantins e Rondônia. As conquistas vieram acompanhadas de boas notícias, já que os medalhistas foram convocados para outras competições nacionais.

Entre os que viajaram para Goiás, a maior expectativa estava em como o campeão pan-americano Sub-13 Breno Dias iria se comportar em uma nova categoria. O peso pesado disputa o seu primeiro ano no Sub-15 e manteve o nível, conquistando a medalha de prata. Para isso, venceu três das quatro lutas que disputou. A única derrota foi para Enzo Silva, do DF, que ficou com a medalha de ouro. A segunda posição garantiu vaga no Campeonato Brasileiro Final de Base que será disputado em Curitiba no mês de julho. Ano passado, Breno conquistou o ouro nesta competição, também na Sub-13, que lhe valeu a vaga no Pan-Americano.

Outra medalha de prata foi conquistada por Nathally Rebeca, categoria Sub-21 -52 kg. A judoca venceu Izabel Lopes, do Mato Grosso, na primeira rodada e depois Leilane Silva, do DF. Para chegar à final, Nathally derrotou Ana Bueno, do MT. Na decisão, a disputa foi com a também sul-mato-grossense Aline Neves, que conquistou o ouro. A posição garantiu à judoca douradense lugar na Taça Brasil, competição que acontece em Belo Horizonte-MG nos dias 5 e 6 de maio.

O terceiro medalhista da ACJ foi Giovane Cano, no Sub-18. Ele foi derrotado pelo goiano João Lima e seguiu na chave de repescagem para conquistar a medalha de bronze vencendo Cássio Sousa, do DF, e depois o conterrâneo Tomaz Neto. O desempenho colocou Giovane tanto na Taça Brasil na categoria Sub-21 como no Brasileiro Final no Sub-18.

A quarta representante da ACJ foi Beatriz Camargo, mas a derrota na estreia para a goiana Laura Almeida impediu que a judoca seguisse na briga por medalhas.

Os resultados foram bem recebidos pelo Sensei Alexandre Cano, que acompanhou os atletas em Goiás. “Estamos maravilhados com os nossos resultados. Mesmo a Beatriz que não chegou ao pódio, só de se classificar e conseguir lugar na Seleção do MS para a competição é importante, já que o Estado é hoje um dos cinco melhores no judô. Geovani, Breno e a Nathally estão bem colocados no ranking e vão buscar outras medalhas”, afirma.

Veja também

Juventude AG intensifica treinamentos visando a disputa da Taça Brasil no mês de dezembro

A equipe de futsal douradense do Juventude AG esta na capital sul-mato-grossense, Campo Grande, desde …