terça-feira, 22 de setembro 2020

Juventude AG e Eia Dourados são campeões da Copa Vale da Esperança em Caarapó

Encerrou-se nesta última sexta-feira, 10, no ginásio municipal da cidade de Caarapó, mais uma edição da já tradicional Copa Vale da Esperança de Futsal, competição realizada pela Liga Esportiva Caarapoense que este ano chegou a sua 12ª edição no naipe masculino, e na 7ª edição no naipe feminino.

Na final feminina estiveram em quadra as equipes do Eia Dourados/Presidente Vargas/CSP e do Instituto Aefa, e após um empate no tempo normal em 1 a 1,  com gols  de Cris para o Aefa aos 9 minutos, e Geovana para o Eia aos 13, ambos já na segunda etapa, o Eia Dourados foi melhor nas cobranças de pênaltis vencendo por 4 a 3, conquistando assim o título da competição. Vale ressaltar que esse é o segundo título do Eia Dourados que já havia sido campeã em 2016.

Na grande final masculina estiveram em quadra as equipes do Juventude AG e da Pradodiesel/Mecânica Ranzi, e como já era esperado por causa dos fortes elencos de ambas equipes, fizeram talvez a melhor final de todos os tempos da comnpetição, que também pode ser vista como uma grande retribuição ao bom público que mesmo com temperatutas baixas esteve presente no ginásio municpal.

No primeiro tempo o jogo foi bem equilibrado, mas terminou com a vitória parcial do Juventude por 1 a 0, gol de Renan Barão após o próprio fazer bela jogada e tocar com categoria na saída do goleiro Feijão.

Na segunda etapa, atrás no marcador, a Mecânica Ranzi abriu mais o jogo, o que o tornou mais dinâmico, com a Ranzi tentando impor pressão em busca do empate e o Juventude buscando um contra-ataque, e quem se deu bem neste jogo de “xadrez” foi o Juventude que aumentou o placar com belo gol aos 12 minutos de Carlos Ashiley em chute cruzado sem chances de defesa para o goleiro Feijão.

Quase na saída da bola a Ranzi diminuiu com Afeiffe, colocando “fogo” no jogo, mas o Juventude soube administrar a vantagem até o apito final, conquistando pela primeira vez o título da Copa Vale da Esperança.

PREMIAÇÃO FEMININO

Pela conquistra do título do feminino o Eia Dourados recebeu a quantia de R$ 1.200,00. O Instituto Aefa recebeu a quantia de R$ 800,00, enquanto a equipe do F.F.B de Capitan Bado, terceira colocada, recebeu a quantia de R$ 600,00. Todas as equipes também foram premiadas com troféus e medalhas.

A goleira menos vazada foi Maria Luiza do Eia Dourados, já à artilheira foi Jéssica do Instituto Aefa, ambas foram premiadas com troféus.

PREMIAÇÃO MACULINO

O campeão Juventude AG recebeu a quantia de R$ 3.500,00 pela conquista. A Pradodiesel/Mecânica Ranzi recebeu a quantia de R$ 2.500,00 pelo segundo lugar, e o Instituto Aefa recebeu a quantia de R$ 1.500,00 pelo terceiro lugar. Todas as equipes também receberam troféus e medalhas.

O goleiro menos vazado foi Feijão da Mecânica Ranzi, enquanto o artilheiro foi Luiz Carlos da equipe da Casa da Cerveja/Bio Rural. Ambos foram premiados com troféus.

A Copa Vale da Esperança é uma  realização da LEC – Liga Esportiva Caarapoense, e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Caarapó, Câmara Municipal de Caarapó, Departamente de Esportes de Caarapó, Federação de Futebol de Salão de Mato Grosso do Sul, Arte Camisetas, Bola Kagiva e dos sites Caarapó News e Dourados Esportivo.

Vejam abaixo imagens das duas finais e da premiação:

Fotos: Cleber Soares/Dourados Esportivo

 

 

Veja também

LDFS convoca equipes para reunião extraordinário para discutir calendário

A indefinição que as competições esportivas vem sofrendo devido a pandemia do COVID-19, vem trazendo …