quinta-feira, 22 de outubro 2020

Abevê/Mecânica Hoki é campeão da Copa dos Comerciários 2018

Chegou ao fim neste domingo, 26, a 17ª Copa dos Comerciários de Futebol Suíço, e o grande campeão deste ano foi a equipo do Abevê/Mecânica Hoki, que venceu na decisão a equipe do Pabbia/Marília. A Copa dos Comerciários é idealizada pelo Secod – Sindicato dos Empregados no Comércio de Dourados, e mais uma vez contou com a organização da Resenha Assessoria Esportiva.

Antes da grande final foi realizada a decisão do terceiro lugar, e quem se deu bem foi a equipe da Mecânica Ranzi/Camapi que venceu por 2 a 0 a equipe do Calhas Sena F.C. Os gols foram marcados por Belo e Thiagão.

Assim que terminou a decisão do terceiro lugar, foi dado início a cerimônia de abertura da grande final, onde as equipes do Abevê/Mecânica Hoki e Pabbia/Marília entraram em campo lado-a-lado juntamente com a arbitragem, e perfiladas em frente aos pavilhões municipal, estadual e nacional, executaram o Hino Nacional Brasileiro.

Com bola rolando, tivemos um primeiro tempo bem abaixo do esperado, tanto que só merece destaque as duas expulções, uma de cada equipe, com Micuim do Abevê levando o cartão vermelho aos 23, e Grilo do Marília aos 24 minutos. Mas na segunda etapa, com ambas equipes com menos um, o jogo foi totalmente diferente e em ritmo “alucinante”.

Aos 9 minutos Leandrinho aproveitou falha da zaga do Abevê, e com um toque de categoria na saída do goleiro Denner, abriu o placar, Marília 1 a 0. A resposta do Abevê foi quase que em seguida, aos 11 minutos, quando Lexandre acertou belo chute no ângulo esquerdo do goleiro Paulo Sérgio que nada pode fazer, o jogo voltava a ficar empatado, 1 a 1.

Dois minutos depois, aos 13, foi a vez de Coruja aproveitar falha da zaga do Marília, e com leve desvio na primeira trave, virou o jogo para o Abevê, 2 a 1. Aos 18 minutos o árbitro Neuri Przybulinski acertadamente assinala pênalti para o Marília após a bola bater na mão do zagueiro Toto em chute de Rodrigo Melo, o mesmo cobrou com perfeição empatando novamente a partida, 2 a 2.

Com o gol de empate deu-se a impressão que a partida iria para os pênaltis, mas aos 21 minutos, em contra-ataque rápido, Lexandre acertou outro belo chute, desta vez no ângulo direito de Paulo Sérgio, que mais uma vez nada pode fazer. Éra o gol da vitória, o gol do título, final 3 a 2 e Abevê/Mecânica Hoki campeão da 17ª Copa dos Comerciários de Futebol Suíço.

PREMIAÇÃO

Pela conquista do título a equipe do Abevê/Mecânica Hoki recebeu a quantia de R$ 4.000,00 mais troféu. Já o Pabbia/Marília pelo vice campeonato recebeu a quantia de R$ 2.000,00 mais troféu. A Mecânica Ranzi/Camapi recebeu R$ 800,00 mais troféu por ter ficado com o terceiro lugar.

Além do título o Abevê/Mecânica Hoki levou também os prêmio de goleiro menos vazado e artilheiro da competição. O goleiro Denner sofreu apenas 5 gols, já o artilheiro Coruja antou 11 gols. Ambos receberam troféus e a quantia de R$ 100,00 pelo feito.

Fotos: Cleber Soares/Dourados Esportivo

 

 

 

Veja também

Tiro Esportivo: O que é e por que faz tanto sucesso

O tiro esportivo é uma esporte praticado com arma de fogo ou ar comprimido e …