segunda-feira, 23 de novembro 2020

Obra de reforma da poliesportiva de Vila Vargas entra na fase final

As obras de reforma do Pavilhão Elias Torres, estrutura conhecida como “poliesportiva do distrito de Vila Vargas”, entram na fase final e dentro de algumas semanas será entregue para a população do distrito que margeia a BR-163. Palco de grandes reuniões e eventos para a comunidade, a poliesportiva nunca recebeu qualquer reforma e agora estará mais segura e aconchegante para a população de Vila Vargas.

A intervenção foi determinada pela prefeita Délia Razuk quando visitou o distrito e presenciou a situação estrutural do pavilhão. “Quando assumimos a administração nos deparamos com aquela situação que era inaceitável. Graças a Deus, mais uma obra inédita de recuperação de um espaço tão positivo”, disse a prefeita.

Nesta semana, a reforma entrou na fase de acabamento, quando foram retirados os tapumes e iniciada a aplicação das texturas.

Morador no distrito, o comerciante Joaquim Lima destacou o fato de que a reforma vai possibilitar a retomada das atividades esportivas e culturais na poliesportiva, com mais segurança. “Vai voltar a acontecer os eventos e com certeza até mais do que tinha antes. Já vemos uma grande diferença com a reforma, principalmente na situação dos banheiros que estava terrível e agora vai ter até para portadores de deficiência”, disse.

O comerciante ressaltou a melhoria do movimento no comércio decorrente dos eventos no local e a preocupação da prefeita Délia em cuidar dos distritos. “Sempre aumenta o movimento, porque vem gente de fora e isso é bom pra gente. É bom ver que a prefeita se atentou pra nossa situação. Somos pagadores de IPTU também e esta reforma, que outros podiam ter feito, ela fez, para nossa segurança”, completou.

Inaugurada em outubro de 1994, a poliesportiva nunca recebeu adequações mais incisivas e, desta vez, toda a base dos pilares da quadra foi reforçada com concreto e foram recuperadas as estruturas metálicas de todo o ginásio. Além disso, foi recuperado o calçamento externo, feita a pintura e replantada grama nas áreas verdes.

Os banheiros receberam reforma e foi feita a instalação de banheiro e estruturas de acessibilidade em toda a quadra. Na parte interna, foi feito reparo de infiltração, restauração do piso da quadra, instalação de novos equipamentos esportivos e troca das portas. A obra teve custo de R$ 230 mil na ação efetiva da administração municipal que resgata mais um espaço público em Dourados.

A prefeita destacou que os recursos para a obra são provenientes de fonte zero do município, arrecadados com impostos pagos pela comunidade também dos distritos, e são retorno para estas localidades, a exemplo de inúmeras outras ações que ocorrem, inclusive as mais longínquas, como Itahum e Macaúba.

 

Veja também

Etapa do Ranking de Salto em hipismo acontece neste final de semana na Capital

Após a paralisação das atividades esportivas por conta do novo coronavírus (Covid-19), o calendário do …