sexta-feira, 25 de setembro 2020

Ayde/UND é campeão invicto da 10ª Copa da Amizade Indígena

Foi encerrado na tarde deste domingo, 13, no tradicional campo de futebol do “Seu Raul”, localizado na Aldeia Bororó, a 10ª Copa da Amizade Indígena de Futebol de Campo, e quem fez  a festa pelo título, de forma invicta, foi a equip do Ayde/UND, que venceu nos pênaltis a equipe do União Clímax/Erondina/Alabama.

Antes da grande final foi realizado a decisão do terceiro lugar, e após um jogo emocionante, que terminou empatado em 3 a 3, a equipe do Beira Rio levou a melhor nas cobranças de pênaltis sobre a equipe do Bangu, vencendo por 4 a 3.

FINAL

Centenas de torcedores se aglomeravam na beira da praça esportiva quando as equipe do Ayde/UND e União Clímax/Erondina/Alabama entraram perfiladas em campo para a execução do Hino Nacional Brasileiro. Logo em seguida a bola rolou para a grande final.

Apesar da grande movimentação de ambas as equipes, o primeiro tempo foi de poucas emoções com as chances de gols praticamente não existindo. O forte calor pode ter parte importante para esse fato.

Mas se o primeiro tempo foi “morno”, no segundo a temperatura subiu e muito, e logo no início Jean abriu o marcador para Ayde/UND. Com o gol o jogo ficou mais aberto e ganhou em emoção, e de tanto insistir o União Clímax chegou ao empate com Rodrigo Melo em cobrança de pênalti. Com a iguldade no placar o jogo foi mesmo para as cobranças de pênaltis.

Nas cobranças de pênaltis brilhou a estrela do goleiro Fabricio do Ayde/UND, que com duas defesas ajudou sua equipe a vencer por 4 a 3, conquistando assim o título da 10ª Copa da Amizade de Futebol de Campo.

PREMIAÇÃO

Assim que terminou o jogo foi dado início a cerimônia de entrega de premiação que contou com a presença do Capitão Indígena Neco, do proprietário do campo, o “Seu Raul”, e também do vereador Jânio Miguel, grande apoiador da competição.

Pela conquista do título o Ayde/UND recebeu a quantia de R$ 2.500,00 mais troféu, enquanto o União Clímax/Erondina/Alabama pelo vice campeonato recebeu a quantia de R$ 1.000,00 mais troféu. O Beira Rio recebeu R$ 500,00 mais troféu pelo terceiro lugar, e por fim o Bangu recebeu R$ 300,00 mais troféu pelo quarto lugar.

O artilheiro da competição com 12 gols marcados foi Marquinhos Arce da equipe do Beira Rio, enquanto Fabricio do Ayde/UND foi o goleiro menos vazado com apenas 10 gols sofridos. Ambos receberam a quantia de R$ 150,00 mais troféu pelo feito.

A Copa da Amizade Indígena é uma idealização do desportista Jorge Roberto, e conta com o apoio do vereador Jânio Miguel, do site Dourados Esportivo, do site Gazeta MS e loja Camisa 10 Esportes.

Fotos: Cleber Saores/Dourados Esportivo

 

 

 

 

Para ver todas as imagnes da grande decisão da 10ª Copa da Amizade Indígena acesse nossa página no Facebook clicando no link abaixo:

https://www.facebook.com/Dourados-Esportivo-573085002702493/

Veja também

LDFS convoca equipes para reunião extraordinário para discutir calendário

A indefinição que as competições esportivas vem sofrendo devido a pandemia do COVID-19, vem trazendo …