quinta-feira, 1 de outubro 2020

FIVB confirma realização dos jogos da Liga das Nações em Campo Grande em junho 2021

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês) divulgou,  a tabela da Liga das Nações de Vôlei 2021. Na etapa de Campo Grande-MS, marcada para os dias 11, 12 e 13 de junho, a seleção brasileira masculina enfrentará Itália, Alemanha e Rússia. Os jogos acontecerão no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, totalmente reformado pelo Governo de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Grande.

O avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) impossibilitou a realização do torneio internacional em 2020 na Capital, cancelado em maio pela FIVB. O megaevento estava agendado para ocorrer entre os dias 19 e 21 de junho e marcaria a reabertura do principal ginásio coberto sul-mato-grossense.

No entanto, a Federação Internacional, por intermédio da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), já havia priorizado Campo Grande para receber uma das etapas da competição. Além disso, o governador Reinaldo Azambuja reiterou o compromisso do convênio firmado junto à CBV, via Federação Estadual de Voleibol (FVMS), com repasse de R$ 1,3 milhão de recursos próprios para custear a Liga.

“Sem dúvida alguma, será um dos maiores eventos esportivos da história do nosso Estado, com as quatro principais seleções masculinas jogando em Campo Grande. Com a Liga das Nações, o Guanandizão, amplamente reestruturado pelo Governo do Estado, vai poder voltar a receber eventos de ponta em grande estilo já no ano que vem’, afirma o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Marcelo Ferreira Miranda.

Além da Capital de Mato Grosso do Sul, a competição internacional terá fases brasileiras em Brasília-DF e Cuiabá-MT. Na Liga das Nações, as seleções se enfrentarão nos seus respectivos grupos e as cinco mais bem classificadas passarão à fase final junto aos países-sede. A fase final do masculino será na Itália, de 23 a 27 de junho.

Guanandizão de volta

Inativo por sete anos, o Guanandizão está de volta, após passar por reforma geral e adequação. O projeto de execução e requalificação de espaços internos e externos do complexo foi licitado pelo Governo do Estado em R$ 1,881 milhão.

Na parte interna, onde ocorrem as principais atrações do complexo e é capaz de comportar 8.240 pessoas, a quadra foi preparada com materiais de alta tecnologia, que acompanham palcos esportivos de ponta pelo mundo: revestimento com piso emborrachado de poliuretano em elastômeros duráveis e adesivos de alto desempenho, além de pisos de taco ao redor.

O espaço também teve banheiros, lanchonetes, salas administrativas e vestiários revitalizados, instalações de lâmpadas de LED, reforma completa do teto, troca e nova pintura em amarelo, azul, verde e vermelho dos assentos e arquibancadas, além da instalação de novo sistema elétrico e hidráulico.

Fonte: Gazeta MS

Veja também

Em Caarapó LEC confirma que não deverá realizar o Amadorzão e também a Vale da Esperança

A pandemia do Covid-19 continua fazendo com que as principais competições das cidades de toda …