terça-feira, 24 de novembro 2020
Foto: Arquivo/Fundesporte

Sul-mato-grossense é convocada à seleção brasileira de luta olímpica para treinamento na Europa

A sul-mato-grossense Assíria Daniela Maurício da Silva foi convocada pela seleção brasileira de luta olímpica/wrestling para período de treinamento em Rio Maior, Portugal, que visa preparação às Olimpíadas do ano que vem. A atleta é contemplada pelo programa Bolsa Atleta, concedido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Denominada “Missão Europa”, a ação é promovida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), junto à Confederação Brasileira de Wrestling (CBW), e acontece de 8 de novembro a 4 de dezembro. Ao todo, 16 atletas da modalidade foram selecionados ao camping internacional, que retoma a preparação para os Jogos Olímpicos de Verão de Tóquio, no Japão, em 2021, após a paralisação das atividades por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A atleta de Mato Grosso do Sul já está no país europeu, onde mantém rotina de treinos com lutadores brasileiros experientes, já classificados às Olimpíadas do ano que vem ou que estão em busca da vaga. “Toda experiência, seja com atletas de outros estados ou países, é sempre enriquecedora. Nesse caso, estou treinando com o pessoal do Brasil mesmo, atletas com títulos consideráveis tanto nacional quanto internacionalmente. Venho aprendendo e sei que ainda vou adquirir muito conhecimento com essa experiência internacional”, destaca Assíria Silva.

A campo-grandense de 19 anos se diz orgulhosa de representar o Estado na Europa. “Estou bem feliz e orgulhosa com a convocação. Para o meu professor também é uma experiência única e sou muito grata por poder representar minha cidade e Mato Grosso do Sul em Portugal”.

O técnico de Assíria em Campo Grande é Agnaldo Pereira dos Santos, de 44 anos, um dos beneficiados pelo Bolsa Técnico, programa de incentivo ao treinador pioneiro no Brasil, criado pelo Governo do Estado. Segundo ele, o objetivo da sul-mato-grossense é buscar a classificação para as Olimpíadas de Paris, na França, em 2024. “Em Portugal, ela já está treinando com as principais adversárias nesse contexto de corrida olímpica brasileira para daqui quatro anos. Está reunida uma parte do time adulto, sub-23 e juniores. Treinar fora de casa, com atletas e treinadores diferentes, é um aprendizado muito grande para a carreira dela”.

Assíria Silva coleciona participações vitoriosas em diversas competições nacionais e internacionais, incluindo Mundial Escolar, Pan-Americano e campeonatos brasileiros. “A convocação da Assíria representa o resultado das competições e do trabalho que nós estamos realizando há bastante tempo aqui em Campo Grande”, completa Santos.

A delegação verde e amarela no Velho Continente para o treinamento de quatro semanas conta com três gerações do wrestling nacional. A CBW decidiu mesclar o grupo de atletas envolvidos na corrida olímpica a Tóquio com os que se preparam para a seletiva olímpica de 2021, além da nova geração que já sonha com Paris-2024. Os convocados foram submetidos a testes 72 horas antes da viagem a Portugal.

Fonte: Fundesporte / Lucas Castro 

Veja também

Juventude AG intensifica treinamentos visando a disputa da Taça Brasil no mês de dezembro

A equipe de futsal douradense do Juventude AG esta na capital sul-mato-grossense, Campo Grande, desde …