segunda-feira, 23 de novembro 2020
Foto de destaque: Alenezi Fawaz/IJF

De olho em Paris-2024, judoca de MS participou de treinamento com a seleção brasileira principal

A sul-mato-grossense Aléxia Vitória Nascimento, de 18 anos, participou de treinamento de campo com a seleção brasileira principal. Os treinos foram realizados em estrutura montada no Hotel Colonial Plaza, em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, de 8 a 13 de novembro. A judoca é uma das beneficiárias do programa Bolsa Atleta, concedido pelo Governo do Estado, via Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

De acordo com a Confederação Brasileira de Judô (CBJ), a atividade integrou atletas da equipe de base com a principal, como forma de assegurar qualidade e continuidade na renovação da seleção ao longo dos ciclos olímpicos. O treinamento reuniu mais de 60 atletas. Destes, 17 foram convocados para o Campeonato Pan-Americano Sênior de Guadalajara, no México, última competição valendo pontos ao ranking neste ano.

Considerada “receita de sucesso” pela CBJ, a iniciativa é parte do processo de formação de uma nova geração de judocas, com vistas aos Jogos Olímpicos de Verão 2024, de Paris, na França e até Los Angeles-2028. “O treinamento foi uma experiência muito grande, consegui aproveitar a chance de estar com as melhores judocas do mundo, que são as brasileiras, em uma estrutura de ponta como é em Pindamonhangaba. Foi uma oportunidade muito gratificante e espero vir mais vezes”, relata Aléxia Nascimento.

A campo-grandense, da Associação Atlética Judô Futuro, liderou o ranking nacional sub-18 na categoria até 48 quilogramas (kg) até atingir o limite de idade (17 anos) para a classe. Agora, com 18 anos, na sub-21, Aléxia já aparece em quarto lugar, sendo dois anos mais nova do que a líder.

Dentre os títulos do currículo da sul-mato-grossense, destaca-se o tricampeonato da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude e o ouro no Campeonato Pan-Americano Sub-18 2019, resultado que a levou ao Campeonato Mundial da categoria, em Almaty, no Cazaquistão, no mesmo ano. Aléxia também já participou de inúmeros Estágios Internacionais, além de ter faturado a prata no Campeonato Brasileiro Interclubes – Taça Brasil Sub-21, em 2019.

Segundo o técnico e pai da atleta, Alessandro Nascimento, um dos contemplado pelo Bolsa-Técnico do Governo do Estado, a judoca é esperança de medalhas ao Brasil nas Olimpíadas de 2024. O processo de iniciação junto ao selecionado adulto começou em 2019. “A Aléxia já está inserida nesse planejamento da CBJ para Paris e a seleção conta com ela para daqui quatro anos. É uma das fortes candidatas a preencher a vaga e trazer medalhas para o Brasil. Ela está no caminho de alcançar o tão esperado sonho de ser atleta olímpica”.

 

Alessandro e Aléxia: judô passado de pai para filha. (Foto: Arquivo/Fundesporte)

 

Para o gestor das equipes de base da CBJ, Marcelo Theotonio, o camping em Pindamonhangaba foi uma oportunidade inédita de troca de experiência com grandes atletas, medalhistas olímpicos e mundiais. “O nosso objetivo com essa estratégia é fomentar internamente uma disputa numa classe difícil que é o que chamamos de ‘transição’ para oportunizarmos ainda mais atletas chegarem em condições competitivas na equipe sênior. Para isso, o trabalho entre as gestões de Base e do Alto Rendimento está cada vez mais alinhado e, por isso, acreditamos que estamos tendo sucesso”.

Durante a semana, a rotina na concentração começava com café da manhã e treino físico ou de judô em sequência. Após o almoço, todos os atletas tinham um intervalo para descansar ou se recuperar em sessões de fisioterapia para retornarem ao tatame ou à academia no final da tarde.

A CBJ estuda ainda a realização de outro período de treinos neste mesmo molde em Pindamonhangaba, em dezembro, visando manter os judocas em ritmo para a disputa do World Masters de Doha, previsto pela Federação Internacional de Judô (FIJ) para janeiro de 2021.

Fonte: Fundesporte / Lucas Castro

Veja também

Estadual de Atletismo Adulto define representantes de MS para a disputa do Troféu Brasil

Cerca de 80 atletas sul-mato-grossenses estarão reunidos neste final de semana, 21 e 22 de …