O futuro ainda é incerto para qualquer previsão sobre uma data de retorno das atividades esportivas, já que uma “enchorrada” de novas notícias sobre o COVID-19 nos é apresentada diariamente, com previsões “otimistas” e também “pessimistas”, o que deixa um ponto de interrogação do tamanho do planeta, pois essa situação não é privilégio de uma determinada região apenas, o mundo inteiro esta sob a “tutela” dessa pandemia.

Apesar da falta de atividades, uma situação não mudou, as manutenções em campos, clubes, praças esportivas em geral, se fazem necessárias, e nesse sentido a LEDA – Liga Esportiva Douradense de Amadores, iniciou essa semana uma força tarefa para colocar o velho estádio Napoleão Francisco de Souza em condições, para quando houver a liberação das atividades, estar preparada para retomar sua programação.

Em contato com o Dourados Esportivo, o presidente da Liga, Eurides Castilho, o “Tubaina”, ressaltou a importância da manutenção e também comentou sobre a volta das competições. Vejam abaixo os principais pontos da entrevista:

Manutenção

“É importante deixar a manutenção em dia, não sabemos quando tudo isso vai passar, e quando voltar teremos que recomeçar o mais rápido possível, pois não poderemos perder tempo se quisermos realizar a programação prevista para esse ano. Nessa semana estamos terminando o corte do gramado, assim como a limpeza deste, e já no início da semana que vem começaremos a manutenção na área externa do campo, assim como na arquibancada e também nos vestiários”. (Tubaina)

Retorno das Competições

“A primeira atividade que faremos é a grande final da Copa LEDA de Veteranos de Futebol Suíço. Após essa final daremos início ao 16º Amadorzão da LEDA, e conforme disponibilidade de tempo, faremos ainda o Veteranos da LEDA (futebol de campo), mas com certeza teremos que reunir as equipes para analisarmos a melhor forma possível de disputa para que essas competições não percam nível técnico”. (Tubaina)

Apesar do otimismo, Tubaina deixou bem claro que ainda não se tem previsão da volta das competições, e que a LEDA cumprirá as determinações impostas pelos órgãos públicos. O dirigente ainda ressaltou o apoio da prefeitura municipal de Dourados, em nome da Prefeita Délia Razuk e do Secretário da Semsur, Fabiano Costa, pelo apoio dado à Liga para a realização da manutenção.

Foto: Cleber Soares/Dourados Esportivo