O atleta de Dourados Itamar Viana, de 43 anos, conquistou neste domingo (19) o bicampeonato a Maratona VO2 de Campo Grande, realizada no Autódromo Internacional Orlando Moura, na capital de Mato Grosso do Sul. A exemplo da edição passada, ele obteve a 1ª colocação geral seguido por seu treinador e companheiro de treinos, Anízio Silva, de 44 anos. Com esse resultado, essa competição segue dominada por douradenses. Em terceiro ficou Francisco Bezerra da Silva Junior.

A prova de 42 quilômetros e 195 metros foi vencida com o tempo de 3 horas e 10 minutos. O aluno superou seu professor, que fechou em 3 horas e 13 minutos, por apenas 3 minutos. Nesta 6ª edição da maratona, também melhoraram seus tempos no comparativo com a 5ª, quando concluíram a prova em 3 horas, 11 minutos e 25 segundos, e 3 horas e 14 minutos, respectivamente.

Conhecidos em Dourados por promoveram anualmente duas ultramaratonas solidárias, voltadas à arrecadação de alimentos para famílias carentes ou entidades assistenciais, Itamar e Anízio são preparados para distâncias ainda maiores, em provas com 12 horas ou até 24 horas de duração. Para a maratona, mais curta e com ritmo mais intenso no comparativo com as ultramaratonas, precisam adaptar treinamentos e estratégias.

E essa adaptação tem dado certo pelo menos desde 2017, quando dominaram o pódio da 4ª Maratona V02. Na ocasião, Anízio foi o campeão com tempo de 3 horas e 23 minutos, e Itamar ficou em terceiro lugar, ao concluir a prova em 3 horas e 40 minutos.

Já naquela ocasião, há dois anos, ambos manifestaram surpresa com os resultados. “Não esperávamos isso porque corremos ultramaratonas (provas em que percorrem até 100 quilômetros durante 12 horas), que são provas com velocidade até 60% menor”, explicou Anízio.